I - A mensagem do Arrebatamento serve de consola para a santa Igreja de Cristo

O estudo do arrebatamento quando bem compreendido, servirá de consolo e ânimo para todos os que acreditam e obedecem a Palavra de Deus. Somente depois de compreendermos a primeira fase da segunda vinda de Jesus, é que estaremos aptos para cumprirmos a seguinte ordem bíblica:

Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras (1 Ts 4.18)”.

Há críticos afirmando que a palavra “Arrebatamento” nem está na Bíblia! Isso não é verdade, pois a versão latina da Bíblia (Vulgata), feita por Jerônimo no quinto século, traduziu o grego harpadzô pela palavra raptus (raptar), da qual deriva “Arrebatamento”. Foi o que Cristo nos prometeu em João 14: levar-nos para o céu.

A Segunda Vinda de Cristo consiste de um só evento, contudo, o mesmo se manifestará em duas fases. Primeiramente, ocorrerá o rapto da Igreja que será trasladação dos crentes, tanto vivos como falecidos, para estarem na presença de Cristo, nos ares, como Paulo explica em 1 Ts 4.13-18.

Após o rapto haverá um período de tempo que durará provavelmente sete anos.  Durante este período o Anticristo reinará sobre a terra e a Grande Tributação se desencadeará sobre Israel e as nações. Depois disso dar-se-á a "Revelação" de Cristo (a segunda fase da segunda vinda), em forma visível, sobre as nuvens do céu, quando Ele descerá a terra no Monte das Oliveiras, de onde ascendeu. At 1.11,12; Mt 24.30; Zc 14.4,5; Cl 3.4; 1 Ts 3.13; Jd 14; Mt 24.27-30.

II - A volta de Cristo é tão certa quanto foi a sua ida para os céus

Na sua primeira vinda Jesus morreu pelos nossos pecados. Com o seu sangue fomos comprados da nossa vã maneira de viver. Vejamos:
“Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado. O qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nestes últimos tempos por amor de vós (1 Pedro 1.18-20)”.

Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras (Romanos 15.3,4”).

Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores (Romanos 5.8).
Depois de Jesus ter cumprido a sua missão, retornou para o lugar de onde ele veio - o céu -. Mas nos deixou a promessa de que voltaria outra vez.

“... Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir (At 1.11)”.
 
Jesus virá uma segunda vez, isso está prometido (At 1.11; Ap 1.7).

Hebreus 9.28: “Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação”.

Se prestarmos atenção nos detalhes dos textos que se referem a esta segunda vinda, ficará claro que haverá duas fases destinas.

Na primeira fase o Senhor Jesus encontrará com a igreja nos ares, levará o salvos para participar das Bodas do Cordeiro nas regiões celestiais; e após sete anos de tribulação na terra sem a presença da igreja, ela regressará com Cristo para reinar neste mundo por mil anos. Esse regresso com Jesus para reinar neste mundo por mil anos equivale à segunda fase de sua segunda vinda.
Continue lendo este artigo Aqui

Divulgação: www.escolabiblicaecb.com | Artigo: Ev. Jair Alves
 
Top