Introdução
Foi Deus que criou o tempo (Gn 1.14), e está no controle do mesmo (Sl 31.14; Ec 3.1; Mt 24.22), o tempo disponível para cada pessoa deve ser entendido como uma dádiva de Deus, pois todas as coisas pertencem ao Senhor (SI 24.1; Rm 11.36), por conseguinte, somos mordomos do tempo. Ele não espera ninguém; e o ser humano não pode parar ou controlá-lo. Ou aprenderemos usar o tempo de maneira sábia ou ele nos deixará para traz com nossos lamentos, tristezas e perdas. Que faremos, então, para usarmos sabiamente o tempo?

I – DEUS E O TEMPO

1. Deus criou o tempo para estabelecer ciclos.

“No princípio, criou Deus (Gn 1.1)”, mas antes do princípio, não havia nenhum “princípio”, não havia nenhum “antes”! Os antigos teólogos costumavam dizer que a eternidade é um círculo. Nós percorremos o círculo, mas antes, não havia nenhum círculo. Havia Deus (The Attributes of God II)!

O Senhor formou o tempo para, dentre outras coisas, estabelecer ciclos para todas as suas obras formadas (Gn 1.14; Ec 3.1-8), bem como para que o homem, a obra-prima da criação, pudesse, no tempo, buscar a Deus (At 17.26,27).

2. Os seres humanos estão limitados ao tempo, Deus não.

A Bíblia afirma que Deus é atemporal, pois habita na eternidade (Is 57.15), e que Ele é Deus de eternidade a eternidade (SI 90.2), ou seja: Ele não teve início, nem terá fim.

Deus transcende a todas as limitações temporais (2 Pe 3.8) existentes em sucessões de tempo. Deus preenche o tempo. Nossa vida se divide em passado, presente e futuro. Mas não há essa divisão na vida de Deus. Ele é o Eterno EU SOU. Deus é elevado acima de todos os limites temporais e de toda a sucessão de momentos, e tem a totalidade de sua existência num único presente indivisível (Is 57.15).

Eternidade é o infinito quanto ao tempo. Deus não tem início. De eternidade a eternidade tu és Deus (SI 90.2; 1 Cr 29.10; Hc 1.12). Ele tem auto existência, um atributo eterno de Deus. Ele não deve a sua existência a ninguém, porque Ele é o princípio e o fim, o Alfa e o Ômega (Ap 1.8).

3. Deus é eterno, o tempo não.

Deus criou o universo, ele também criou o tempo. Porém, antes de ter havido o universo e antes de ter havido o tempo, Deus sempre existiu, sem começo e sem ser influenciado pelo tempo.

O tempo é uma palavra ligada à criatura, porque tem a ver com coisas que existem. Tem a ver com os anjos, com o lago de fogo, com os querubins e todas as criaturas que estão ao redor do trono de Deus. Eles começaram a existir; houve uma época em que não havia anjos. Então, Deus disse: “Haja”, e os anjos começaram a existir.

Mas nunca houve uma época em que Deus não existiu! Ninguém disse: “Haja Deus”. Se houvesse, aquele que dissesse “Haja Deus” teria que ser Deus. E aquele a respeito de quem Ele dissesse “Haja” não seria Deus, mas um “deus” secundário, que não mereceria que nos importássemos com ele. Deus, lá no princípio, criou. Deus existia, e isso é tudo! [1]

A eternidade de Deus pode ser definida da seguinte maneira: Deus não tem começo, fim ou sucessão de momentos em seu próprio ser, e Ele vê todo o tempo de modo vividamente igual, todavia Deus vê os eventos no tempo e os atos no tempo. Eternidade é o infinito quanto ao tempo. Deus não tem início. De eternidade a eternidade tu és Deus (SI 90.2; 1 Cr 29.10; Hc 1.12).

Para Deus, o passado, o presente e o futuro são um eterno presente. O domínio e o poder pertencem ao único Deus, antes dos séculos, agora, e para todo o sempre (Jd v 25). Por isto é que '‘... um dia para o Senhor é como mil anos e mil anos como um dia'' (2 Pe 3.8b). Os anos de Deus nunca terão fim (SI 102.27): Ele é o Rei dos séculos (1 Tm 1.17).

Deus habita na eternidade (Is 57.15) e o seu trono é desde a eternidade (SI 93.2). O eterno Deus não se cansa (Is 40.28). Este eterno Deus é o nosso Deus!

Síntese bíblica sobre o tempo
As duas palavras gregas para o tempo são: Chronos e Kairós.
Exemplos bíblicos onde aparecem os dois termos gregos em um versículo:
Atos 1.7: “E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos (chronos) ou as estações (kairós) que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder.

Tessalonicenses 5.1: MAS, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva.

Chronos – É o tempo cronológico. Além de incluir o "dia" de 24 horas, também se refere a semanas, meses, anos, décadas etc. É o tempo que pode ser medido, dividido, analisado ou estudado.

Kairós - É "o tempo de Deus", que só pode ser definido por Ele mesmo. O apóstolo Pedro revelou que, para Deus, o tempo não pode ser avaliado com as mesmas categorias humanas de medição: "Mas, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos, como um dia" (2 Pe 3.8).

O QUE A BÍBLIA REGISTRA SOBRE O CHRONOS?
Atos 3.21: O qual convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio.

Atos 17.30: Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, e em todo o lugar, que se arrependam.

Pedro 1.20: O qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nestes últimos tempos por amor de vós;

Judas 1.18: Os quais vos diziam que nos últimos tempos haveria escarnecedores que andariam segundo as suas ímpias concupiscências.

O QUE A BÍBLIA REGISTRA SOBRE O KAIRÓS?
Atos 3.19: Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do SENHOR.

Atos 14.17: E, contudo, não se deixou a si mesmo sem testemunho, beneficiando-vos lá do céu, dando-vos chuvas e tempos frutíferos, enchendo de mantimento e de alegria os vossos corações.

Atos 17.26: E de um só sangue fez toda a geração dos homens, para habitar sobre toda a face da terra, determinando os tempos já dantes ordenados, e os limites da sua habitação;

Efésios 1.10: De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra.

Mateus 26.18: E ele disse: Ide à cidade, a um certo homem, e dizei-lhe: O Mestre diz: O meu tempo está próximo; em tua casa celebrarei a páscoa com os meus discípulos.

Marcos 13.33: Olhai, vigiai e orai; porque não sabeis quando chegará o tempo.

Estes são apenas alguns dos muitos textos do Novo Testamento onde ocorrem os termos Chronos e Kairós, no original.

II – O MORDOMO E O USO CORRETO DO TEMPO
1) Aprenda a remir o tempo.

Efésios 5.16: Remindo o tempo (isto é, aproveitar bem todas as oportunidades que o Senhor nos dar); porquanto os dias são maus.

2) Enquanto espera as promessas do Senhor, use tempo para se humilhar diante de Deus.

1 Pedro 5.6: Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte.

3) Use o tempo que você ainda tem, para fazer a vontade de Deus.

1 Pedro 4.2: Para que, no tempo que vos resta na carne, não vivais mais segundo as concupiscências dos homens, mas segundo a vontade de Deus.

4) Use o tempo para se aproximar do trono de Deus.

ü  Hebreus 4.16: Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.

ü  Efésios 6.18: Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos.
5) Use o seu tempo para fazer o bem.

Gálatas 6.10: Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé (Isto é, especialmente aos nossos irmãos em Cristo Jesus).

6) Use o tempo para ler e meditar na Palavra de Deus (Sl 1.1-6; 119.7).

Ø Ler a Bíblia é uma experiência transformadora. Pouco a pouco, o Espírito Santo renova o nosso interior para que possamos amadurecer e crescer em graça e diante de Deus e das outras pessoas. Nessa jornada, às vezes enfrentamos oposição e contratempos. Não desanime; lembre-se e confie que “aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao Dia de Jesus Cristo” (Fp 1.6).

Algumas palavras descrevem a meditação cristã da Escritura: refletir, ponderar e até ruminar. Assim como a vaca primeiro engole a comida para mais tarde regurgitá-la e mastigá-la outra vez; também o crente, em seu momento de reflexão, alimenta a memória com a Palavra de Deus e depois a traz de volta a seu consciente, quantas vezes forem necessárias. Cada nova 'mastigação' produz ainda mais nutrientes para o sustento da vida espiritual.

Ø A meditação, portanto, nada mais é que o processo de revolver a verdade bíblica na mente sem parar, de forma a obtermos maior revelação do seu significado e certificarmo-nos de que a aplicamos a nossas vidas diárias. J. I. Packer certa vez disse que "meditar é despertar a mente, repensar e demorar-se sobre um assunto, aplicar a si próprio tudo que se sabe sobre a obra, os caminhos, os propósitos e as promessas de Deus. 

7) Use o tempo para você mesmo.

O apóstolo Paulo exortou a Timóteo a cuidar de si mesmo em primeiro Lugar (1 Tm 4.16).

8) Use o tempo para cuidar de sua família.
"Mas, se alguém não tem cuidado dos seus e principalmente dos da sua família, negou a fé e é pior do que o infiel" (1 Tm 5.8).
9) Use o seu tempo para trabalhar na Obra de Deus.

Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor (1 Co 15.58).

10) Permaneça firme servindo a Jesus e acredite que ainda vai chegar o tempo de glória para os sevos de Deus.

Romanos 8.18: Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.

O nos Salmos 90, verso 12, Moisés ora dizendo: “Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios”.
Ensina-nos a contar os nossos dias é uma forma poética para dizer:
1) Ensina-nos a aproveitar a vida;
2) Ensina-nos a viver bem (Bíblia a Mensagem).
3) Compreender que a nossa vida aqui na terra é breve (isto é, de pouca duração; curto).
Que possamos fazer constantemente esta oração diante do Senhor Deus.

Fonte: ALVES, Jair. E-book Subsídios EBD. Vol. 17. Ano: 2019



[1] Bíblia com Anotações A.W Tozer - CPAD

Blog ECB - Estudos Bíblicos

 
Top